Encontro de Corais

Encontro de Corais

Da Ars Antigua à Ars Nova, do Cantochão à Ópera, do Lied às canções populares, a música vocal demonstra a sua beleza e força, permeando toda a história da evolução das artes. Sabendo da grande importância da música vocal, o Sesc Encontro de Corais, levará ao público um recorte do cancioneiro Popular brasileiro arranjado para Coro de vozes. Neste encontro teremos a participação de sete grupos corais da capital do Estado, sendo eles: Coral Laio; Vocal Gileade; Coral Canto Livre; Grupo Vocal Cantadô; Canto na Unir; Coral Sol Maior; e, Vozes do Madeira.

Para as ações formativas teremos desenvolvimento de experimentações no dia 30 e oficinas, com os temas: começando um Coral (com a regente Sabrynne Sena), e Práticas e saberes do canto ( com Professora Ezenice Bezerra).

Link para as inscrições das oficinas:

Oficina: Começando um Coral com Sabrynne Sena https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfAsPRVZq74f5LnJrB0Amu7AeDMFneZdBoZCSGGIN0lO6bSEg/viewform
Oficina: Práticas e saberes do Canto com Ezenice Bezerra https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdglOw1FFIIjGhiZ90WhQLDNmtxjiWlMJlaVr_1hmEYOtWLsA/viewform

Programação

Dia 30

Desenvolvimento de experimentações
Conjunto de ações que visa desenvolver artistas, fornecendo condições para experiências e criações inovadoras. Caracteriza-se como oportunidade para troca de experiências, vivências, pesquisa de linguagens e conteúdos para o desenvolvimento individual, coletivo e livre criação, além de ensaios.
No desenvolvimento de experimentação, faremos uma troca de saberes entre os coralistas e os regentes, além de aprofundar a importância do Canto Coral para a Cidade de Porto Velho meio da exposição volutária da ação de cada crupo coral. E Tambem faremos o ensaio geral da música Terreiros do compositor Rondoniense Francisco Lazaro, Laio.
Horário: 17:00 às 19:00
Mediador: Adson Nascimento

Roteiro das apresentações dia 30

20h – Abertura
20h05 – Coral Laio

20h20 – Vocal Gileade

20h45 – Coral Canto Livre

21h05 – Grupo Vocal Cantadô

21h40 – Terreiros – Francisco Lazaro – Laio (Todos os corais)
22h00 – encerramento

Dia 31

Oficina: Começando um Coral
Oficineiro: Regente Sabrynne Sena
Horário: 9h00 – 13h00
Local: Teatro 1 do Sesc Esplanada

Informações sobre a oficina

Para construir um coro de vozes, é necessário ter o conhecimento de vários conteúdos como respiração, saúde vocal, postura corporal, organização e escuta, tempo de ensaio, repertório e apresentação, etc. A oficina visa abordar estes conteúdos de forma clara e objetiva, trazendo luz ao campo da música Coral.
Sabrynne Sena é natural de Teresina- PI. Graduada em Educação Musical e Artes Visuais, ambas pela UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS. Pós-graduada em Educação Especial Inclusiva, Gestão Cultural, Direção de Arte, Regência Coral e é técnica em Musicografia Braille. Maestrina premiada, com vasta tuação na cena coral do Estado, assinou várias produções artisticas, rege diversos corais na capital do Estado, dentre eles estão: coral do Ministério Público do Estado de Rondônia; coral do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia; coral da Energia Sustentável do Brasil .É professora de arte efetiva da Secretaria de Educação do Estado de Rondônia na cidade de Porto Velho -RO, e está chefe do Núcleo de Arte e Cultura escolar –SEDUC.

Dia 31

Oficina: Práticas e saberes do Canto
Oficineiro: Prof. Ezenice Bezerra
Horário: 16h00 – 19h00
Local: Teatro 1 do Sesc Esplanada

Informações sobre a oficina
Esta oficina tem como objetivo preparar o cantor para a performance musical, artística, física e didática, assim como dar indicações de como iniciar um grupo coral, levando em conta a faixa etária, experiência e educação musical.
Ezenice Bezerra é Mestre em Educação Escolar do Mestrado Profissional em Educação Escolar da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Faz parte do Grupo de Pesquisa Multidisciplinar em Educação e Infância (Grupo EDUCA), do Departamento de Ciência da Educação, do Núcleo de Ciências Humanas, da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Pós-graduação em Metodologia do Ensino Superior pela Uniron – Porto Velho (2009). É Graduada em Licenciatura Plena em Educação Artística – Música pela Universidade do Estado do Pará – UEPA (2001). Bacharel em Música Sacra pela STBE – Seminário Teológico Batista Equatorial (1995), Belém – PA, onde atuou como coordenadora (2 anos) e professora do Departamento de Música (13 anos) das disciplinas Técnica Vocal, Canto, Regência Coral, Grupo de Sinos, Introdução à Música e Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Foi professora concursada em Artes, atuando na capital do Estado por 2 anos. Atualmente é professora do Magistério Superior do Departamento de Música – UNIR, ministrando as disciplinas de Técnica Vocal, Canto Coral, Flauta, Estágio Supervisionado, Regência e TCC. Palestrante em eventos de Educação Musical, Técnica Vocal, Canto em Grupo e Canto Coral.

Roteiro das apresentações dia 31

20h00 – Abertura
20h05 – Canto da Unir

20h20 – Vozes do Madeira

20h45 – Coral Sol Maior

21h20 Terreiros – Francisco Lazaro – Laio (Todos os corais)

22h00 encerramento

Sobre o Autor

Taiguara administrator

Deixe uma resposta