Arquivo de tag Sesc

Sesc Rondônia celebra convênios com Idaron e CRF/RO

No intuito de assegurar aos seus colaboradores o acesso aos nossos serviços de forma completa e ainda mais acessível, duas importantes entidades assinaram neste mês de setembro o convênio com o Sesc Rondônia: O Conselho Regional de Farmácia do Estado de Rondônia (CRF/RO), representado pelo seu Diretor Presidente Rogelino Rocha; e a Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril de Rondônia – Idaron, representado por seu Presidente Júlio César Rocha Peres.

O Diretor Regional do Sesc Rondônia, Osvino Juraszek, recebeu os representantes para a oficialização do convênio que vai assegurar aos membros dos CRF/RO e aos servidores do Idaron o acesso aos serviços do Sesc na categoria conveniado. Essa categoria concede descontos nos pagamentos das taxas de matrícula, nos serviços e atividades promovidas pela nossa instituição.

“O Sesc, pela amplitude de serviços que oferece a toda parte de comércio, é muito interessante para nossos inscritos no Conselho. Isso vai dar oportunidade para que eles tenham acesso a diversos serviços com uma taxa muito menor”, comentou o diretor presidente do CRF/RO, Rogelino Rocha.

Para o Presidente do Idaron, a Agência é grata pela oportunidade de parceria com o Sesc Rondônia. “A gente só tem a agradecer, uma vez que temos unidades em todo o Estado de Rondônia, somos mais de mil servidores, e em todos os pontos que o Sesc ofertar serviço, nós teremos demanda de consumo. Para a Agência, essa é uma opção a mais de acolhimento aos nossos servidores, e acreditamos que eles se sintam representados nessa oportunidade de utilizar os serviços do Sesc. Entendemos que nessa parceria todos saem ganhando, pois fortalece tanto o Sesc, quanto o Idaron”, comentou o Presidente Júlio César Rocha.

Para mais informações sobre os procedimentos de adesão aos nossos serviços por meio de convênios, um e-mail pode ser enviado para sege@sescro.com.br ou através do telefone (69) 3229.6006 – ramal 202.

Sesc anuncia programação para o Festival Palco Giratório 2021

Apresentações serão exibidas ao vivo pelo canal do Youtube Sesc Brasil de 30 de setembro a 16 de outubro

Com foco na valorização da cultura e dos grupos de artes cênicas do país, o Sesc retorna este ano com o projeto Palco Giratório, mas agora com novo modelo: o Festival Digital Palco Giratório. A 23ª edição tem início no dia 30 de setembro e segue até o dia 16 de outubro realizando 17 transmissões ao vivo dos espetáculos, pelo canal do Youtube Sesc Brasil. Em Rondônia, o projeto será realizado em formato híbrido, uma vez que sediará espetáculos locais no Teatro 1 do Sesc Esplanada, localizado na Avenida Presidente Dutra, 4175, Olaria – Porto Velho. Os grupos Tia Vavá dos Bonecos, O Imaginário e Cia de Artes Fiasco levarão seus espetáculos para estudantes da rede municipal de ensino, respeitando o distanciamento social e seguindo os protocolos de saúde pública vigentes.

Transmissões dos espetáculos – YouTube Sesc Brasil: https://www.youtube.com/playlist?list=PLY_QtDGHt8SicvkwBAiHT572y8oXMBIsc

Veja abaixo a programação completa do Festival Digital Palco Giratório:

Nome: Vaga Carne (MG)
Grupo: Grace Passô
Hora: 19h (horário RO) l 20h (horário Brasília)

Sinopse: VAGA CARNE é um solo de Grace Passô, que também assina o texto do trabalho. A peça é um campo de jogo entre palavra e movimento, onde um corpo de mulher vive a urgência de discurso, à procura de suas identidades e de pertencimento. Em sua narrativa, uma voz errante, capaz de invadir qualquer matéria sólida, líquida ou gasosa, resolve, pela primeira vez, invadir um corpo de mulher e, a partir dessa experiência, narra o que sente enquanto sujeito, o que finge sentir, o que é insondável em si, o que sua imagem é para o outro, sonda o que significa um corpo enquanto construção social.

Nome: Ikuãni (AC)
Grupo: Cia. de Teatro Garatuja
Hora: 19h (horário RO) l 20h (horário Brasília)

Sinopse: Ikuâni, mulher amazônida do século XVI, detentora de uma ancestralidade feminina do tempo antes do tempo, quando mundo era livre dos homens maus os Nawa. O trabalho cênico “Ikuãni” trata da decodificação da movimentação cotidiana da mulher Huni kuin. A linguagem do corpo em movimento durante seus afazeres e sua organização estética, coreográfica, ritualística e espiritual onde a música ocupa um lugar fundamental no desempenho do ritual das tradições indígenas, são objeto de pesquisa profunda neste trabalho. Toda movimentação cênica e narrativa corporal é baseada na vivência com essa ancestralidade da mulher indígena.

Nome: Roda (PE)
Grupo: Rapha Santacruz Produções
Hora: 15h (horário RO) l 16h (horário Brasília)

Sinopse: Circulando ele vem, trazendo pra roda os domínios fantásticos e misteriosos do reino da imaginação. Na bagagem, a alegria genuína de um brincante popular. E vai “arrodeando” e fazendo surgir uma surpresa a cada volta, e a roda vira circo, e do encontro brota magia. Arrodeia: ele chama pra cena. E lá vem os sons, os meninos, o povo… O brincante é de inspiração nordestina mas tem linguagem universal. A Roda vai gerando energia, é moinho de risada, de festa multiplicada, ciranda de gente vestida de infância. Roda é ciclo de alegria, virando noite e dia nos arrodeios dos sonhos e destinos desejados. Sem começo, sem fim, a Roda é o meio de tudo que de tudo um pouco tem.

Nome: 2 Mundos (DF)
Grupo: Cia Lumiato
Hora: 15h (horário RO) l 16h (horário Brasília)

Sinopse: Inspirado na colonização da América e dos territórios do mundo todo, o espetáculo conduz o espectador a viajar por um tempo passado que encontra analogias continuas com o presente. 2 MUNDOS conta a história do encontro de duas culturas opostas, onde se revelam os sentimentos e motivações mais profundas da humanidade. Quando no embate das diferenças explode a luta pela vida, a morte de um jovem acontece trazendo uma nova esperança.

Nome: Mini cabaré tanguero (AL)
Grupo: Julieta Zarza

Hora: 19h (horário RO) l 20h (horário Brasília)

Sinopse: Um fabuloso e variado Cabaré Porteño onde os espectadores mais exigentes poderão contemplar o melhor da dança e da música Rio-Platense. Seria tudo formidável, não fosse um pequeno “porém”: a excêntrica Julieta pode aparecer e roubar a cena. Um solo onde manipulação, mágica, danças excêntricas, humor e panaquice surpreendem e emocionam a cada instante.

Nome: Macbeth e o reino sombrio – Shakespeare para crianças (RS)
Grupo: Coletivo Órbita
Hora: 15h (horário RO) l 16h (horário Brasília)
Sinopse: Os generais de guerra Macbeth e Banquo, voltam triunfantes de uma batalha contra a Noruega. Passando por um pântano, se deparam com três bruxas que lhes apontam algumas previsões: Macbeth será barão de Cawdor e futuramente rei. E Flaêncio, filho de Banquo, também será rei. A ambição de Macbeth e de sua esposa, Lady Macbeth, diante das profecias das bruxas os leva a cometer um gesto de traição contra o rei, gerando tempestuosos conflitos.

PROGRAMAÇÃO LOCAL

Nome: Que Palhaçada é essa? (RO)

Grupo: O Imaginário

Horário: 09h e 15h (horário RO) – Duas apresentações

Sinopse: A estrutura baseia-se em uma pesquisa e escrita dramatúrgica, com foco na construção de números cômicos. Um espetáculo de comicidade onde duas palhaças e dois palhaços fazem uma viagem pela imaginação, com cenas carregadas de improvisação. São números cômicos onde mostram suas origens, suas histórias de vida, suas habilidades e a formas lúdicas/cômicas de cada um vai se revelando em um jogo plateia-picadeiro. É um espetáculo sem fala. Atores emitem som, mas não palavras. 

Local: Teatro 1 do Sesc Esplanada, localizado na Avenida Presidente Dutra, 4175, Olaria, Porto Velho.

Classificação indicativa: Livre

Nome:  Kintsugi, 100 memórias. (SP)
Grupo: Lume Teatro

Hora: 19h (horário RO) l 20h (horário Brasília)

Sinopse: KINTSUGI, 100 memórias é uma proposta cênica que, partindo dos limites da teatralidade e de modo fragmentário, tenta aproximar-se de uma ideia de memória não linear nem bucólica, mas sim uma memória que apresenta o gesto da vontade no ato de lembrar. Para nós, a memória não é nem monumentalista nem autocomplacente; é, sim, um exercício do presente para revisitar as crises passadas, os erros cometidos, as cicatrizes – pessoais e coletivas – que a história nos deixou e, assim, corrigir o nosso futuro; é o reencontro com a dor como ato de superação.

PROGRAMAÇÃO LOCAL

Nome: ESPERANDO GONDÓ!

Animação, direção e criação: Vavá de Castro

Hora: 9h e 15h (horário RO) – Duas apresentações

Sinopse: Dois amigos chamados Estragão e Vadormir se encontram e juntos estão à espera de algo. Enquanto este algo não aparece eles conversam, sorriem, cantam e brincam. Em uma dessas brincadeiras, o Estragão avista uma garrafa de vidro e diz: 

-Vamos brincar, Vadormir? Eu jogo pra você, você joga pra mim! 

Nesta brincadeira, o Estragão joga a garrafa, que bate na testa do Vadormir e o mesmo cai em um profundo sono. Quando acorda, está na sua testa um imenso gondó. Os dois entendem que esperaram demais e está na hora de ir pra casa. 

Local: Teatro 1 do Sesc Esplanada, localizado na Avenida Presidente Dutra, 4175, Olaria, Porto Velho.

Classificação indicativa: Livre

Nome:  Sobre azares futuros (MA)
Grupo: Budejar Criações Artísticas
Hora: 19h (horário RO) l 20h (horário Brasília)
 
Sinopse: Um prólogo. Quatro cenas. Uma atriz. Cinquenta minutos de narrativas políticas e poéticas, singelas, dolorosas e alegres, sobre ser mulher no mundo, sobre as lutas diárias do universo feminino. Os azares futuros; os assédios; o aborto; a maternidade e o direito sobre o corpo; são essas as questões em debate, na cena, no corpo e nas marcas da atriz. Composto por uma estrutura dramatúrgica fragmentada, com cenas independentes e com uma estética que propõe cortes secos, picos de alegria, mas sem finais felizes, o espetáculo gera um fio de tensão, questiona, indaga e propõem cenas reflexivas sobre o feminino e as relações de poder no cotidiano da mulher.

Nome: O vazio é cheio de coisa (DF)
Grupo: Cia Nós No Bambu
Hora: 20h

Sinopse: Num vazio, se desenrola uma dramaturgia ilustra por meio da poesia, da pele, do vegetal,  do gesto, do olhar, do som e da luz.

PROGRAMAÇÃO LOCAL

Nome: A borracheira (RO)

Grupo: O Imaginário

Horário: 16h (horário RO)

Sinopse: Em cena, humanos despidos de seus gêneros narram memórias e interpretam histórias que se passam no seringal no meio da floresta Amazônica, buscando refletir o humano e suas relações. Trazendo reflexões sobre temas importantes como a atuação das mulheres e o silenciamento de suas vozes, as questões de justiça e poder, além de questionar o próprio sentido da vida. 

Local: Exibição na plataforma Youtube Sesc Rondônia

Classificação indicativa: Livre

Nome: O circo a céu aberto (RJ)
Grupo: O circo a céu aberto
Hora: 15h (horário RO) l 16h (horário Brasília)


Sinopse: O espetáculo “O circo a céu aberto” resgata nos espaços públicos a atmosfera poética do encontro, do aplauso, do sorriso, do despertar para a imaginação, por meio da linguagem do palhaço, da comédia física e da arte de rua. O resultado é uma catarse coletiva de gargalhadas, transformando os espectadores, independentemente de idade ou perfil social, em crianças ao redor de um picadeiro, debaixo de um circo sem lona.

Nome:  Interior (CE)
Grupo: Grupo Bagaceira de Teatro
Hora:  19h (horário RO) l 20h (horário Brasília)


Sinopse: “Interior” traz para a cena duas velhinhas que insistem em não morrer. Elas já cruzaram diversas gerações e sabem tudo a respeito da vida. Dão conta de todas as histórias prováveis e improváveis. O espetáculo nos convida a um olhar criativo e amoroso perante a vida, onde o impossível é mero detalhe. Com muito bom humor, “Interior” é irreverente e, ao mesmo tempo, singelo. Cheio de afeto, igual a bolo feito por avós.

Nome:  Meia noite (PE)
Grupo: Orun Santana

Hora: 19h (horário RO) l 20h (horário Brasília)

Sinopse: O espetáculo explora a capoeira como elemento criador e motivador do movimento, construindo um procedimento de uso de imagens/memória do corpo do dançador, dialogando dramaturgicamente a relação pai e filho, mestre e discípulo, sendo o intérprete filho do mestre Meia-noite (mestre de capoeira co-fundador do Centro de Educação e Cultura Daruê Malungo, na periferia do Recife), aspectos da ancestralidade pessoal colocados em evidência, revelando princípios motores e do imaginário poético-político do corpo negro na cena.

Nome: Boquinha….e assim surgiu o mundo – teatro infantojuvenil – RJ
Grupo: Coletivo Preto
Hora: 15h (horário RO) l 16h (horário Brasília)

Sinopse: “Boquinha… E Assim Surgiu O Mundo” une teatro, circo e música para falar sobre o surgimento do mundo segundo diferentes culturas. O espetáculo se passa no sótão da casa do menino João Vicente (Orlando Caldeira), onde ele encontra uma caixa com as pesquisas de seu avô escritor. Através dessas pesquisas, João Vicente e Boquinha, um pequeno ser feito de dobraduras de papel, viajam pelas culturas cristã, africana, chinesa, pela cultura dos índios brasileiros e pela ciência, para entender como o mundo foi criado.

Nome:  Enquanto a chuva cai (PR)
Grupo: Cia. Fluctissonante
Hora: 15h (horário RO) l 16h (horário Brasília)

Sinopse: Encenada em Português e Libras simultaneamente e voltada a integração do público surdo e ouvinte na plateia, a peça acompanha o encontro e a aproximação de duas crianças órfãs dentro de uma casa em ruínas durante a guerra. A menina se comunica utilizando a Libras e o menino, a Língua Portuguesa. Numa guerra, um amigo é como uma fonte no deserto. A barreira linguística, portanto, não pode ser um empecilho para que os dois personagens se tornem amigos e cúmplices na luta pela sobrevivência. Assim, em delicados jogos de cena, com brincadeiras simples e ternas, a aparente barreira entre os dois é resolvida e a comunicação entre eles acontece.

Nome: Terreiro Envergado (PB)
Grupo: Coletivo Tanz
Hora: 19h (horário RO) l 20h (horário Brasília)

Sinopse: Terreiro envergado é uma obra construída na relação que estabelece com o público, uma sucessão de pequenos ritos cotidianos, ressignificados no corpo e no lugar, em constante transformação. Inspirado livremente nos ecos das obras do escritor Paraibano José Lins do Rêgo em sua série sobre o ciclo da cana de açúcar. Nesse terreiro “circulam” ambulantes, bêbados, brincantes entre outras figuras místicas que povoam o imaginário popular e que nos convidam a dividir o mesmo espaço, seja palco ou praça para celebrar o encontro. Um verdadeiro caleidoscópio de imagens e sons que se traduzem no corpo atravessado e recortado pela força midiática e memória pessoal dos intérpretes.

Nome: Ícaro (RS)
Grupo: Luciano Mallmann (LM PRODUCOES)

Hora: 19h (horário RO) l 20h (horário Brasília)

Sinopse: ÍCARO é acima de tudo um espetáculo sobre a diversidade humana. Em cena um único ator e histórias que abordam temas universais, como relacionamentos entre pais e filhos, resiliência, relações amorosas, suicídio, preconceito, gravidez e maternidade. O ponto em comum: todas são depoimentos ficcionais de pessoas cadeirantes. Dramas que se tornaram espetáculo pelas mãos do gaúcho Luciano Mallmann, que estreia como dramaturgo e interpreta todas as personagens.  A inspiração partiu das próprias experiências do autor e de pessoas que conheceu depois que passou a usar cadeira de rodas, quando sofreu um acidente com acrobacia aérea de circo em 2004.

PROGRAMAÇÃO LOCAL

Nome: Ave de Arribação (RO)

Grupo: Cia de Artes Fiasco

Horário: 16h (horário RO)

Sinopse: Ave de arribação é sobre pássaros/pessoas que estão soterradas em lugares de solidão, mas, também de desejo recalcado que emerge da espera de um regresso incerto dos seus entes queridos. Para nós, ovos-filhos, para o Estado, números e super soldados. Revoar, neste caso, é levantar o próprio corpo e a terra ao redor. Qual revoada é possível? 

Local: Exibição na plataforma Youtube Sesc Rondônia

Classificação indicativa: 12 anos

Nome: Salão (BA)
Grupo: Casa 4

Hora: 19h (horário RO) l 20h (horário Brasília)

Sinopse: Amor, breguice e viadagem conduzem o ‘dois pra lá, dois pra cá’ de Salão, primeiro espetáculo do coletivo Casa 4. Em cena, busca-se repensar os estereótipos de gênero que tradicionalmente envolvem as danças de salão e excluem outras possibilidades de dançar a dois.

Como forma de fortalecer as trocas de experiências, o intercâmbio cultural e fomentar o debate crítico no campo das artes cênicas, o Palco Giratório também ofertará debates e oficinas gratuitas. Para participar, os interessados poderão consultar a programação e realizar a inscrição por meio dos formulários abaixo:

YouTube Sesc Brasil: https://www.youtube.com/playlist?list=PLY_QtDGHt8SicvkwBAiHT572y8oXMBIsc

Sesc realiza programação especial para celebrar 75 anos de criação

Em Rondônia, a unidade do Sesc completa 44 anos e também adere à programação festiva do departamento nacional

No dia 13 de setembro, o Sesc completa 75 anos de criação. Da primeira unidade, no bairro do Engenho de Dentro, no Rio de Janeiro, aos dias de hoje, são inúmeras as histórias que marcam essa trajetória. O poeta e cordelista Braúlio Bessa traduziu a essência desse trabalho em um belo poema, com o qual presenteia a instituição neste aniversário. Nascido no interior do Ceará, o artista que já percorreu o país e conhece de perto a realidade do povo brasileiro, descreve com propriedade a importância da atuação do Sesc para os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e toda a sociedade.  

Os jovens também fazem parte das comemorações da data, com a apresentação da Orquestra Maré do Amanhã, projeto que ensina música clássica a crianças e adolescentes de uma das mais violentas favelas do Rio de Janeiro. O Sesc, que dedica diversos projetos aos jovens, traz para a celebração um deles: o Coral Jovem do Sesc em Minas Gerais. Em virtude da pandemia e da necessidade de distaciamento social, eles gravaram  distância, mais em uma sintonia única em homenagem aos 75 anos da Insituição. A música escolhida – O Sifuni Mungu – é um cântico africano que remete a importância do agradecimento e da gratidão.

E a festa de aniversário não poderia deixar de ter os ritmos brasileiros que tornam a cultura do país tão única e celebrada. E é na voz de Alceu Valença que o Sesc festeja. Conhecido pela sua versatilidade, o consagrado cantor pernambucano, que mistura estilos musicais indo do frevo ao fado, sintoniza com o Sesc em diversidade e tradição. E ainda é contemporâneo da instituição: completou 75 anos no mês de julho. Um show que traz sucessos como Tropicana e La belle de jour, e ainda passeia pelo forró de Jackson do Pandeiro, com O canto da ema, e clássicos de Luiz Gonzaga, como Vem Morena.

Toda a programação vai ao ar pelo canal do YouTube do Sesc Brasil no dia 13 de setembro, a partir das 19h. A festa conta ainda com um toque de solidariedade. Por meio do QR code exibido durante o evento, o público poderá contribuir com doações para a campanha Mesa Brasil Urgente. Toda a arrecadação será revertida na compra de cestas básicas, destinadas a famílias em situação de vulnerabilidade, que sofrem com as consequências da pandemia de Covid.

Em Rondônia, o Sesc faz aniversário também no dia 13 de setembro, completando 44 anos de serviços prestados aos trabalhadores do comércio e comunidade rondoniense como um todo. Em conjunto com o departamento nacional, a instituição quer convidar a todos a acompanhar essa programação festiva que estará disponibilizada logo mais às 19h no canal do Youtube do Sesc Brasil.

Serviço: Celebração dos 75 anos do Sesc Brasil

Quando: Segunda-feira, 13 de setembro, às 19h (horário de Brasília)

Onde? Youtube do Sesc Brasil

Sesc Rondônia inicia curso preparatório gratuito para o ENEM

Localizada em Nova Mamoré, a Unidade disponibiliza material didático, uniformes e lanches para os estudantes

A Federação do Comércio de Bens e Serviços do Estado de Rondônia (Fecomércio/RO), por meio do Serviço Social do Comércio – Sesc Rondônia, iniciou neste mês de setembro as aulas gratuitas que visam a preparação dos estudantes de Nova Mamoré para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A iniciativa é resultado do diagnóstico realizado pelo Departamento Nacional do Sesc, onde foi detectado que os estudantes do município careciam de cursinhos que pudessem contribuir para sua preparação tanto para o Enem, como para a inserção posterior no mercado de trabalho. Diante do quadro apresentado, o Sesc Rondônia, por meio da sua Unidade em Nova Mamoré, desenvolve até novembro de 2021 a oferta de duas salas temáticas que visam contribuir com a formação dos estudantes: uma para aulas de matemática e outra para português e redação.

“O resultado do diagnóstico participativo realizado em 2018 pela equipe de técnicos em educação do departamento nacional do Rio de Janeiro se concretizou agora no início de setembro. O sonho se materializa em duas turmas, totalizando 38 alunos em um curso com duração de 3 meses de preparação para o Enem 2021, com tudo gratuito ao aluno desde o uniforme, material didático até o lanche”, comenta a Gerente da Unidade Nova Mamoré, Alana Simões. 

As aulas acontecem de segunda a sexta-feira das 19h às 22h na unidade do Sesc localizada na Av. 12 de Outubro, 4042 – Nova Mamoré, RO. Atualmente as turmas estão esgotadas, mas em caso de dúvidas ou outras informações os interessados podem ligar para (69) 3544.2424

Serviço: Sesc Nova Mamoré inicia curso preparatório gratuito para o Enem

Quando? De setembro a novembro de 2021

Onde? Av. 12 de Outubro, 4042 – Nova Mamoré, RO.

Público-alvo: Estudantes inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (vagas esgotadas)

Realização: Sistema Fecomércio RO/Sesc/Senac, por meio do Serviço Social do Comércio –Sesc RO

Acompanhe as ações do Sesc Rondônia nas redes

No Instagram: @sesc_ro

No Facebook: @sescrondonia

Live solidária com o Grupo Minhas Raízes é promovida pelo Sesc

Apresentação acontecerá através do canal do Youtube do Sesc Rondônia

Na próxima terça-feira, dia 31/08 às 17h, o Serviço Social do Comércio – Sesc Rondônia irá transmitir através do seu canal no Youtube uma live musical solidária com o Grupo Minhas Raízes. A apresentação acontecerá diretamente do Barracão do Jair, localizado na Vila Candelária, onde os músicos apresentarão seu repertório regional que fala sobre a Amazônia, seus costumes e tradições ribeirinhas. Engajados com o despertar da consciência ambiental, o grupo também se apresenta com os seus bioinstrumentos que confeccionam a partir dos materiais descartados pela natureza.

A ação, que é desenvolvida pela Coordenação de Cultura do Sesc, também tem o intuito de promover a solidariedade, uma vez que durante a transmissão será possível contribuir – através do QR Code na tela – com o Mesa Brasil Sesc, programa que atua no combate à fome das pessoas que se encontram em risco social e nutricional.

SOBRE O MESA BRASIL SESC            

O Sistema Fecomércio Rondônia, através do Serviço Social do Comércio – SESC, possui uma rede nacional de bancos de alimentos contra a fome e o desperdício, mais conhecida como o Mesa Brasil Sesc. Seu objetivo é contribuir para a promoção da cidadania e a melhoria da qualidade de vida de pessoas em situação de vulnerabilidade social, através de ações educativas e de distribuição de alimentos excedentes ou fora dos padrões de comercialização, mas que ainda podem ser consumidos. Dessa forma, o Mesa Brasil Sesc contribui para a diminuição do desperdício e reduz a condição de insegurança alimentar de crianças, jovens, adultos e idosos. Em ambos os polos desse percurso, as estratégias de mobilização e as ações educativas incentivam a solidariedade e o desenvolvimento comunitário.

Serviço: Live solidária com o Grupo Minhas Raízes

Quando? 31 de agosto, terça-feira, às 17h

Onde? Youtube do Sesc Rondônia

Link: https://www.youtube.com/user/sescrondonia

Classificação indicativa: Livre

Realização: Serviço Social do Comércio – Sesc RO

***

Acompanhe as ações do Sesc Rondônia nas redes

No Instagram: @sesc_ro

No Facebook: @sescrondonia

Sesc promove exposição sobre Memória e Corpo em Porto Velho

Por meio do programa Exposição de Artes Visuais – Centro, o público poderá conferir obras da ceramista Déba Tacana

Será inaugurada no próximo dia 27 de agosto, sexta-feira às 18h, na Casa de Cultura Ivan Marrocos, a exposição de artes visuais Kayary em Decanto, de autoria da ceramista rondoniense Déba Tacana. Promovido pelo Serviço Social do Comércio – Sesc Rondônia, o evento faz parte do projeto Exposição de Artes Visuais – Centro, que compreende ações destinadas à criação, produção, difusão e preservação de manifestações dessa linguagem com intuito de democratizar o acesso a esse tipo de programação, contribuir com a formação de público, além de dar espaço para artistas visuais e produtores culturais.

A exposição Kayary em Decanto apresentará as obras da artista Déba Tacana que, por meio do saber ancestral da cerâmica, fala sobre a memória do Rio Madeira, os corpos visíveis e invisíveis que nele se movem e habitam. O conceito poético da exposição abordará o espaço dos rios e cidades amazônicas a partir de pesquisas desenvolvidas no campo das artes visuais, arqueologia, patrimônio e memória de Rondônia

As obras ficarão expostas na Casa de Cultura Ivan Marrocos até o dia 22 de outubro, de segunda à sexta-feira das 8h às 17h30; e aos sábados das 9h às 14h. A entrada é gratuita.

SOBRE A ARTISTA               

Déba Viana Tacana é ceramista, nasceu em território de dispersões e encontros, nas fronteiras entre Brasil e Bolívia. Vinda do estado de Rondônia, tem origens indígena e cigana. Como artista visual, investiga na permanência dos corpos cerâmicos memórias que dizem de outras dimensões para entender território e etnicidade. A “luz que anda”, presente em territórios indígenas entre Andes e Sertões, Amazônia e Pampas, é também corpo que demarca território, sendo trazido nas investigações poéticas da artista com a cerâmica.

Serviço: Abertura da exposição Mover Dilúvios/Kayary em Decanto

Quando? 27 de agosto, sexta-feira, às 18h

Onde? Casa de Cultura Ivan Marrocos, localizada na Avenida Carlos Gomes, 563, Caiari, Porto Velho – RO

Quanto? Gratuito

Classificação indicativa: Livre

Realização: Serviço Social do Comércio – Sesc RO

Parceria: Governo do Estado de Rondônia por meio da Casa de Cultura Ivan Marrocos

Acompanhe as ações do Sesc Rondônia nas redes

No Instagram: @sesc_ro

No Facebook: @sescrondonia

Sesc Rondônia recebe doação de material sobre educação financeira para crianças

Através de parceria com o Instituto Sicoob, o acervo será levado às escolas e comunidades do Estado de Rondônia

Na quarta-feira, dia 12 de agosto, o Serviço Social do Comércio – Sesc recebeu a doação dos livros que fazem parte da 3ª edição da coleção “Financinhas”, material lúdico desenvolvido pelo Instituto Sicoob com intuito de levar educação financeira para o público infantil. Visando a promoção do desenvolvimento sustentável das comunidades, o Instituto Sicoob em conjunto com Sesc Rondônia enxergou a necessidade de viabilizar o acesso a esse acervo para as escolas de ensino público, Sesc Escola e, através do caminhão do BiblioSesc, também para a comunidade em geral – especialmente àquelas onde não há a presença de bibliotecas.

Para a técnica responsável pelo Bibliosesc – biblioteca itinerante da instituição -, Lidiane Garcia, parcerias como a do Instituto Sicoob somam nas ações que o Sesc promove para encurtar as distâncias entre o leitor e os livros no Estado de Rondônia. Segundo a bibliotecária, os livros da coleção Financinhas – “Caio achou uma moedinha”; “Miguel, Aninha e Dedé ganharam dinheirinho”; e “Margô e Davi foram no mercadinho” – serão levados ao público infantil através de empréstimos do material, como também por meio da contação de histórias.

“O Instituto Sicoob reconhece o trabalho desenvolvido pelo Sesc e entende que essa parceria é de grande importância para o aprendizado das crianças sobre o tema. Se mais pessoas tivessem acesso a esse conteúdo, provavelmente não teríamos hoje 60% da população com o nome restrito. É muito importante que essa cultura seja expandida”, comenta o profissional de desenvolvimento estratégico do Instituto Sicoob, Raimundo Júnior.

A parceria entre o sistema Fecomércio RO/Sesc/Senac e o Instituto Sicoob é pautada ainda na política cultural do Sesc, que orienta e reconhece a importância em firmar parcerias com artistas locais, instituições públicas e privadas na oferta de espaços, programação, suporte técnico e equipe especializada para a realização de projetos culturais. “O acervo adquirido é de grande relevância e necessário, uma vez que muitas crianças nunca tiveram contato com essa temática, e ainda apresentada de uma forma lúdica, através da contação de história”, comentou a coordenadora de cultura do Sesc Rondônia, Maria Braga.

O Sesc e o Instituto Sicoob visam ainda ampliar a abrangência da coleção “Financinhas” nos 52 municípios rondonienses através do projeto “Sesc 52”, uma ação itinerante prevista para acontecer em 2022 que apresentará ao público de todo o estado ações de Biblioteca – através do BiblioSesc -, artes cênicas, música, literatura, artes visuais e audiovisual.

Sobre o BiblioSesc

O BiblioSesc é uma biblioteca volante do sistema Fecomércio RO/Sesc/Senac que leva clássicos da literatura, aventuras, ficções e histórias reais às mãos dos leitores de todas as idades através da sua atuação em escolas de ensino público e em comunidades que não possuem acesso a acervos literários.

Sesc Campestre retoma atividades de lazer seguindo os protocolos de saúde

A unidade recebeu os frequentadores com uma programação diversificada em sua reabertura

Nos dias 07 e 08 de agosto – sábado e domingo, respectivamente – o Sesc Campestre, unidade de lazer do Serviço Social do Comércio – Sesc Rondônia, retomou suas atividades presenciais levando à população uma programação diversificada nas áreas cultura, esporte e lazer. Prezando pela segurança dos seus frequentadores, o espaço foi organizado seguindo os protocolos de distanciamento social e contando com a orientação de uma equipe de saúde a respeito de medidas que pudessem proporcionar um dia de recreação seguro e confortável.

O público pôde realizar atividades como trilha ecológica, aulão de ritmos, jogos de salão, torneio de futebol, vôlei de areia e spiribol; além do acesso às exposições e ao espaço literário Biblio/Sesc. A comunidade portovelhense também teve acesso às churrasqueiras, feijoada e música ao vivo com o grupo de pagode “Fala Sério”. Para a comerciante Vândria Correia, a reabertura do Sesc Campestre veio ofertar um entretenimento diferenciado em um momento onde todos estavam sentindo falta de opções recreativas. “Com a pandemia, a gente sentiu muito a falta de oferta de lazer, então eu estou adorando a retomada das atividades, estou me sentindo segura, está tudo muito diferente e bacana”, comentou a frequentadora.

Para o presidente do Fecomércio RO/Sesc/Senac, Raniery Coelho, a instituição fica muito feliz em poder ofertar de maneira segura um espaço de entretenimento aos comerciários e público em geral nesse momento. “Aos poucos estamos retomando as nossas atividades de lazer, sempre atentos aos protocolos de saúde em relação à Covid-19. Preparamos tudo com muito cuidado, prezando pela segurança dos nossos comerciários e família para que eles pudessem desfrutar da nossa unidade Sesc Campestre e ter de volta essa conexão especial que é o contato com a natureza”, destacou Raniery.

Retomando as ações de forma gradual e com entrada limitada, o Sesc Campestre terá neste próximo sábado, dia 14 de agosto, a apresentação da banda Piolhos de Cobra, além da venda de feijoada. O acesso ao Sesc Campestre acontecerá nos finais de semana e feriado, sendo gratuito para trabalhadores do comércio e seus dependentes que possuam o cartão Sesc atualizado. Para o público em geral, o valor da entrada custará R$ 10,00.

Para mais esclarecimentos, os interessados podem entrar em contato através dos telefones (69) 3229.6006/3229.5156 nos ramais 207/2015/223/245.

Serviço: Reabertura do Sesc Campestre

Quando? Sábados, domingos e feriados

Quanto? Gratuitopara o trabalhador do comércio e seus dependentes que possuam o cartão Sesc atualizado. Para convidados dos comerciários, será cobrado o valor de R$ 5,00. Para o público em geral a taxa de entrada é de R$ 10,00

Endereço: BR 364, Km 12 – Saída p/ Cuiabá, Porto Velho – Rondônia

Acompanhe as ações do Sesc Rondônia nas redes

Na Web: https://sescro.com.br/

No Instagram: @sesc_ro

No Facebook: @sescrondonia

O melhor para você

Que tal uma ajuda amiga? Então fica ligado nessa dica.

Sabemos que os últimos tempos não tem sido fáceis, e para ajudar vocês, fizemos uma parceria com a galera do @terapiadebolso. Se você possui o Cartão Sesc e precisa dessa ajuda (acredite, todas nós precisamos) entre em contato com eles para tirar todas as suas dúvidas.

É um excelente programa que pode lhe ajudar bastante.

www.terapiadebolso.com.br
https://www.instagram.com/terapiadebolso

Projeto Sábados Cênicos.

O Sesc Rondônia por meio da Coordenação de Cultura, visando proporcionar ao Trabalhador do Comércio de Bens, Serviço e Turismo, aos seus dependentes e ao público em geral uma maior aproximação com os bens culturais da região, realiza a partir do mês de março o Projeto Sábados Cênicos. O projeto realizará ao longo do ano de 2020, temporadas de espetáculos cênicos no Teatro 1 (Sesc Esplanada), sempre aos sábados, nos meses de março, abril, maio, julho e outubro.
Nesta primeira etapa receberá a temporada do Espetáculo “Cantigadeira” da Cia de Artes Evolução.

Sobre o espetáculo:
Com o propósito de resgatar as mais belas cantigas de roda e reviver um passado que se faz presente na memória de muitos, o espetáculo Cantigadeira faz uma viagem no tempo. São estórias contatas e cantadas por dois amigos, que recordam a infância feliz que viveram. Recordações estas, que se dão por meio de muitas músicas e brincadeiras. De maneira divertida e com uma linguagem acessível, os personagens interagem e levam o público a cantar junto, mostrando quão felizes foram no tempo de criança, época em que viveram e aprenderam divertidos jogos, brincadeiras e cantigas que foram esquecidas e já não vemos mais nos dias atuais.

Sobre a Cia de Artes Evolução
A Cia Evolução é uma entidade civil de caráter artístico-cultural, do município de Porto Velho/RO. Fundada no dia 20 de julho de 2004, vem desenvolvendo desde então apresentações de diversos espetáculos ao longo desses anos. Para conhecer um pouco mais do trabalho da Cia Evolução acesse: https://www.facebook.com/CiadeArtesEvolucao

Serviço
Temporada do espetáculo Cantigadeira
Datas: 14, 21 e 28 de março e 04 de abril de 2020
Horário: 20 horas
Entrada: Gratuita, distribuição de senhas 1h antes do espetáculo
Classificação: Livre
Duração: 45min.
Local: Teatro 1 – Sesc Esplanada
Endereço: Avenida Presidente Dutra, 4175 – Olaria, Porto Velho – RO.
Informações: (69) 3229-6006 (ramal 238 / 239)
Facebook: Sesc Rondônia / Instagram: sesc_ro

Sesc Mulher

05/03 (QUINTA)
19h30 – Canta Mulher – PALCO VITRINE
MESA: MULHER, CIÊNCIA E CULTURA – UMA CONVERSA SOBRE A MULHER, CIÊNCIA E CULTURA EM TEMPOS DE RETROCESSOS, PERDAS E CONFLITOS NA DEFESA DOS DIREITOS HUMANOS….
20h – SHOW MUSICAL
CANTA MULHER ‘MARIA DE VERDADE’
LOCAL: TEATRO 1 SESC
 
06/03 (SEXTA)
19h30 – Canta Mulher – PALCO VITRINE
MESA: MULHER, SAÚDE E CULTURA – UMA CONVERSA SOBRE A MULHER, SAÚDE E CULTURA EM TEMPOS DE RETROCESSOS, PERDAS E CONFLITOS NA DEFESA DOS DIREITOS HUMANOS….
CONVIDADAS: REDE FEMINISTA DE SAÚDE, GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA – ASSOGIRO
LOCAL: TEATRO 1 SESC
20h – SHOW MUSICAL
CANTA MULHER ‘MARIA DE VERDADE’
LOCAL: TEATRO 1 SESC
 
07/03 (SÁBADO)
08h ÀS 12h / 14h ÀS 18h – COPA SESC MULHER
FUTSAL FEMININO
LOCAL: SESC ESPLANADA
20h – CANTA COMERCIÁRIA SESC
JEMIMA MARIA
MARTA BRAGA
NATÁLIA WREGE
LUANA SHOCKNESS
ALDENIRA AZEVEDO
 
PARTICIPAÇÃO ESPECIAL
ARTISTA CONVIDADA: KALI
DIREÇÃO MUSICAL: JESSÉ FRANÇA
LOCAL: TEATRO 1 SESC
 
08/03 (DOMINGO)
8h ÀS 12h – COPA SESC MULHER
9h ÀS 16h30 –SESC MULHER “MAIS LAZER”
VOLEI DE AREIA FEM., GINCANA AQUÁTICA, VOLEI CEGO E FUTEBOL GIGANTE (MASC VS. FEM.) E FESTIVAL DE BRINCADEIRAS
LOCAL: SESC CAMPESTRE
 
08/03 (DOMINGO)
19h – SHOW MUSICAL
CANTA MULHER ‘MARIA DE VERDADE’
LOCAL: PORTO VELHO SHOPPING
2º PISO, PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO
 
13/03 (SEXTA)
10h30 ÀS 14h
SESC MULHER “MAIS LAZER”
ALMOÇO C/ CARDÁPIO ESPECIAL, SOM AO VIVO E SORTEIOS
LOCAL: SESC CENTRO
 
14/03 (SÁBADO)
14h ÀS 18h
COPA SESC MULHER – HANDEBOL E BASQUETE
LOCAL: SESC ESPLANADA
 
18/03 (QUARTA)
16h – “ENTRE ELAS”
TEMA: “ A MULHER E O MUNDO DO TRABALHO E SEUS PRINCIPAIS DESAFIOS NA ATUALIDADE”
MESA REDONDA
LOCAL: TEATRO I DO SESC ESPLANADA
OBS.: ABERTO A TODO PÚBLICO FEMININO INTERESSADO SERÁ EMITIDO CERTIFICADO ONLINE.
 
18/03 (QUARTA)
8h e 18h – AULÃO DE GINÁSTICA FEMININO AULÃO DE GINÁSTICA.
LOCAL: ACADEMIA SESC
 
19/03 (QUINTA)
16h – AULÃO DE GINÁSTICA FEMININO
GINÁSTICA ABERTA AO PÚBLICO FEMININO EM GERAL
LOCAL: CAMPO SINTÉTICO DO SESC ESPLANADA
 
19/03 (QUINTA)
8h ÀS 12h E DAS 14h ÀS 18h – SESC MULHER SAÚDE
ATENDIMENTOS DE MAMOGRAFIA, COLETA DE PREVENTIVOS E TRIAGEM
LOCAL: CARRETA ‘HOSPITAL DE AMOR’
NO SESC ESPLANADA
Obs.: os exames serão previamente agendados pela Equipe de Enfermagem na Sala de Saúde do Sesc Esplanada. Pacientes que não estejam agendados não serão atendidos nos dias da ação.
Informações: (69) 3229-6006 – Ramal 219
 
20/03 (SEXTA)
8h ÀS 12h E DAS 14h ÀS 18h – SESC MULHER SAÚDE
ATENDIMENTOS DE MAMOGRAFIA, COLETA DE PREVENTIVOS E TRIAGEM
LOCAL: CARRETA ‘HOSPITAL DE AMOR’
NO SESC ESPLANADA
Obs.: os exames serão previamente agendados pela Equipe de Enfermagem na Sala de Saúde do Sesc Esplanada. Pacientes que não estejam agendados não serão atendidos nos dias da ação.
Informações: (69) 3229-6006 – Ramal 219
 
20/03 (SEXTA)
15h – SESC MULHER – MESA BRASIL
PALESTRA: “A INFLUÊNCIA DA ALIMENTAÇÃO NO CLIMATÉRIO”
LOCAL: AUDICINE/SESC ESPLANADA

Copa Sesc Ariquemes

1ª Etapa Copa Sesc de Futsal em Ariquemes.

Inscrições: 16/03 a 15/04.
1kg de alimento não perecível por integrante, para a categoria INFANTIL (7 a 14 anos) e JUVENIL ( 15 a 17 anos).
1 Cesta básica grande por time, na categoria ADULTA ( 16 anos masculino / 15 anos feminino).

Data da Copa Sesc: 16, 17 e 18/04/2020.
Premiação em dinheiro para o 1°, 2º e 3º lugar na categoria adulta (masculina).
Premiação de troféus e medalhas para 1°, 2º e 3º lugar para todas as categorias.
Horários de Atendimento das Inscrições: Das 08h às 12h e das 14h às 18h.

Informações: Sesc Ariquemes
(69) 3535-2528 / (69) 9.9902-6642

X